Cindes
Senai
Sesi
Iel
Ideies
IRI

Reforma da Previdência: uma conquista do Brasil

Precisamos encarar um problema que há anos vem corroendo nossos empregos e renda das famílias brasileiras: o déficit crescente do sistema previdenciário. Ele agrava ainda mais o caos nas contas públicas, aumenta a insegurança econômica, reduz o potencial de crescimento do país e imprime uma urgência inadiável à aprovação da Reforma da Previdência.

Ao promover o reequilíbrio das contas públicas, a reforma da Previdência não beneficiará apenas os aposentados e pensionistas. Toda a sociedade ganhará, pois o ajuste das contas públicas, associado a outras medidas de longo prazo que assegurem competitividade das empresas, promoverá o aumento da produção e dos investimentos, estimulará a criação de empregos, geração de renda e o crescimento sustentável da economia.

 

Gastos com previdência afetam investimentos públicos

O elevado custo com benefícios previdenciários reduz muito o espaço para investimentos públicos. No caso da União, por exemplo, as despesas com benefícios previdenciários e assistenciais correspondem a 56% de todas as despesas primárias e a 63% de toda a receita primária projetadas para 2017.

Previdência x expectativa de vida

Para agravar a situação, a população idosa brasileira está aumentando rapidamente, em razão da enorme queda da taxa de natalidade e do aumento exponencial da expectativa de vida. E com as regras atuais, no futuro próximo, o número de pessoas que contribuem para a Previdência será inferior ao dos que recebem aposentadorias e pensões, ou seja, o atual sistema é insustentável. A conta não fecha!

Por isso convocamos a sociedade para, junto com o setor produtivo, conscientizar nossa bancada federal, deputados e senadores, representantes do povo, para que apoiem a Reforma da Previdência, pois ela corrige várias distorções, é socialmente responsável e indispensável para que o Brasil possa voltar a crescer de forma sustentável.

Clique aqui, saiba mais sobre a Reforma da Previdência e por que ela é tão necessária para o país.

Read More

Sistema Findes instala Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem no Espírito Santo

Segurança jurídica com a Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem

O Sistema Findes, por meio do Centro da Indústria do Espírito Santo (Cindes), instalou oficialmente o conselho superior da Câmara Cindes/Findes de Conciliação, Mediação e Arbitragem. Criada com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios e trazer segurança jurídica para empreendedores, a Câmara começará a funcionar em dezembro e será presidida pelo ex-conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Luiz Cláudio Allemand, e terá como vice-presidente o desembargador federal aposentado Antônio Cruz Neto.

Os profissionais que compõem a Câmara foram indicados por membros da academia jurídica do Estado – incluindo as faculdades Doctum, Faesa, FDV, Fucape e Multivix. São dez conselheiros, sendo seis capixabas e quatro não residentes no Estado, “renomados e reconhecidos nacionalmente pelo trabalho que desempenham em mediação e arbitragem”, segundo o presidente Luiz Claudio Allemand.

“Já consolidada na América do Norte, na Europa e, em solo brasileiro, no Estado de São Paulo, a arbitragem representa diversas vantagens: é um processo rápido, com custo menor; tem cláusula de confidencialidade; dá autonomia às partes para escolha dos árbitros; não demanda a complexidade da interpretação das regras processuais; e garante princípios do contraditório, da ampla defesa e da igualdade”, argumenta o presidente da Câmara.

Confira os membros da Câmara Cindes/Findes de Conciliação, Mediação e Arbitragem:

Presidência

Presidente: Luiz Cláudio Allemand

Vice-presidente: Antônio Cruz Neto

 Conselho Superior

Presidente: Sayury Otoni

Vice-presidente: Zita Maria Cani

Conselheiros

Bernardo Dantas Barcelos

Cláudia Amorim

Daniel Fábio Jacob Nogueira

Fernando Caio Galdi

Joaquim de Paiva Muniz

José Edson Carreiro

Ricardo Goretti Santos

Ricardo Ranzolin

Read More

Mais três municípios capixabas aderem às 10 Medidas contra a Burocracia

Seis municípios já aderiram à proposta da Findes de desburocratizar procedimentos para a obtenção de licenças ambientais

São Gabriel da Palha, Marilândia  e Cariacica assinaram nessa semana, o Termo de Adesão e Cooperação Técnica com a Findes que estabelece a implantação das “10 Medidas Contra a Burocracia”, visando à melhoria do ambiente de negócios com o intuito de  atrair investimentos, gerar oportunidades e renda, além de incrementar a arrecadação.

A vice-presidente institucional da Findes na região centro-oeste, Valkineria Cristiana Meirelles Bussular, enfatizou a importância de os municípios aderirem ao licenciamento ambiental por meio das 10 medidas.

 

“Em nossa região, somamos quatro municípios que assinaram o termo de adesão e compromisso. Nós, do setor produtivo, queremos destravar gargalos que impedem o desenvolvimento local. Com a aprovação da Câmara Municipal, o município terá autonomia para realizar o licenciamento ambiental de pequenos e médios empreendimentos com mais eficácia e agilidade”, ponderou.

O empresário e vice-presidente institucional da Findes em Cariacica e Viana, Raphael Cassaro Machado, comemorou a adesão da prefeitura de Cariacica.

“Cariacica tem se destacado na atração de investimentos privados, devido à organização pública municipal. Como exemplo recente, a cidade recebeu um centro de distribuição da Zona Franca de Manaus. E mais uma vez, demonstra sensibilidade quanto ao desenvolvimento sustentável do município, assinando nesta data o Termo de Adesão e Cooperação Técnica com Findes”, enfatizou.

 

Em sua fala, o prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia de Oliveira Júnior, ressaltou a importância da parceria com a Findes para melhorar o ambiente de negócios no município.

“Estamos trabalhando para modernizar os processos em vários setores da administração pública e, quando o assunto é atendimento ao empreendedor, temos que dar retornos o mais rápido possível. As 10 medidas, que adotamos com esta parceria junto à Findes, irão contribuir com esse movimento de alavancar o desenvolvimento da cidade, melhorando a arrecadação municipal e, consequentemente os serviços para a população”, comemorou.

Read More