Cindes
Senai
Sesi
Iel
Ideies
IRI
Exposição Sesi Arte Galeria

Sesi Arte Galeria recebe mais de quatro mil visitantes na exposição Projeto 027

Exposição Sesi Arte Galeria

Mais de quatro mil pessoas passaram pelo Sesi Arte Galeria para conferir a exposição Projeto 027, que ficou em cartaz de 28 de setembro até o último domingo, dia 10 de dezembro. Essa foi a terceira exposição realizada no local.

Do total de visitantes, a grande maioria veio de escolas públicas e privadas, envolvendo alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, e Ensino Médio. A exposição também serviu como aulas de campo, ministradas por professores da Ufes, para alunos dos cursos de Artes Visuais, Licenciatura e Pedagogia. Estudantes dos cursos técnicos do Senai, professores da Rede Pública e instituições e projetos sociais também visitaram o Projeto 027.

“A exposição superou minhas expectativas e o público abraçou a ideia. Foi um projeto inédito, construído especialmente para o Sesi Arte Galeria. Além da conexão entre os artistas, a interação deles com os visitantes foi surpreendente. O mais bonito foi presenciar a união das famílias durante a visita, principalmente na Oficina Criativa, que se tornou um ponto de encontro para todas as idades. A arte contemporânea, manual, ainda traz um fascínio nas pessoas. Agradeço ao Sesi pela confiança no desenvolvimento deste projeto”, disse a curadora Rosa-Nina Liebermann.

Exposição

O Projeto 027 apresentou as criações dos artistas Orlando Rosa Farya, Heidi Liebermann, Gui Castor, Ana De Sena e Helena Dias Sardenberg que, por meio da pintura, colagem, vídeo, foto ou desenho, mostraram a diversidade artística do Espírito Santo.

Read More

Circuito Virtuoso da Indústria de Óleo e Gás apresenta potencialidades do Espírito Santo

Representantes de operadoras, fretadoras e fornecedores do setor de óleo e gás participaram do RoadShow

Representantes de operadoras, fretadoras e fornecedores do setor de óleo e gás participaram do RoadShow

Aproximar operadoras, fretadoras e fornecedores da cadeia de óleo e gás, apresentar potencialidades do Espírito Santo e gerar novas oportunidades para a indústria capixaba. Foi com estes objetivos que aconteceu, nesta terça-feira (12), o Circuito Virtuoso da Indústria de Óleo e Gás no Espírito Santo. O roadshow, com deslocamento realizado pela Vix Logística, foi realizado no município de Aracruz, onde estão instalados o Estaleiro Jurong, a Imetame e a Fibria.

Promovido pelo Ministério de Minas e Energia, pela Onip, pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e pela Findes, o Circuito Virtuoso buscou ampliar a competitividade e a inserção das indústrias capixabas na cadeia produtiva. Além da visita às empresas realizadoras do evento, foram apresentados cases de sucesso do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás.

Potencialidades do Espírito Santo

O governador Paulo Hartung esteve presente e ressaltou as potencialidades da região. “Aracruz é uma das locomotivas do desenvolvimento do Estado. Temos a Fibria, a maior produtora de celulose do mundo; o estaleiro da Jurong, com a melhor infraestrutura do Brasil; e ainda o futuro terminal portuário da Imetame. E além disso tudo, o ramal ferroviário da Vitória – Minas, nos ligando ao Brasil central e que atualmente está subutilizado”.

O secretário nacional de Petróleo e Gás, Márcio Felix, foi um dos idealizadores do evento e falou da importância desse encontro para o Espírito Santo. “O Estado tem um potencial enorme a ser explorado e foi esse o motivo de termos o escolhido pra lançar o Circuito. Vamos continuar conectando pessoas e empresas para fortalecer toda a cadeia produtiva Capixaba”.

O industrial Luis Cordeiro, vice-presidente da Findes, reforçou aos presentes o papel da Federação. “Temos feito um trabalho incessante para melhorar o ambiente de negócios do Estado. Para isso, implementamos uma série de ações, entre elas as 10 medidas contra a burocracia, inclusive assinadas na última semana com a Prefeitura de Aracruz. Além disso, vamos lançar em breve o Anuário do Petróleo e Gás, que vai reunir informações estratégicas sobre o cenário econômico capixaba e contribuirá com os investidores na tomada de decisão”.

Segundo maior produtor de petróleo do país, o Espírito Santo representa 15% do volume nacional, com cerca de 500 mil barris por dia. A cadeia de petróleo e gás no ES gera atualmente 9.680 empregos formais. Os campos petrolíferos se localizam em terra e mar, em águas rasas, profundas e ultraprofundas.

Conheça um pouco mais das indústrias anfitriãs do evento:

Estaleiro Jurong Aracruz

Mais novo estaleiro integrado do Grupo Sembcorp Marine de Cingapura no Brasil, o Estaleiro Jurong Aracruz está localizado em área privilegiada no litoral do município de Aracruz. Projetado e construído para atender aos mais modernos padrões mundiais de tecnologia para área naval e offshore, o Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) realiza a construção de navios-sonda, unidades semissubmersíveis, jack-ups, navios petroleiros, plataformas e embarcações de apoio, bem como integração de FPSOs, fabricação de módulos para plataformas de petróleo, reparos navais, modificação e modernização de embarcações.

As instalações estado da arte do Estaleiro Jurong Aracruz estão distribuídas em uma área de 825.000 m², incluindo um cais de atracação com extensão de 920 metros, instalações auxiliares de fabricação de tubulações e oficinas de corte e processamento de chapas de aço com capacidade de quatro mil toneladas de aço por mês. Entre os equipamentos em destaque, o estaleiro conta com o L3602, o maior guindaste flutuante da América Latina com capacidade de içamento de 3600 toneladas. O Estaleiro Jurong Aracruz está localizado estrategicamente próximo aos campos do pré-sal brasileiro e posicionado para atendimento das demandas da indústria de petróleo e gás do Atlântico e Golfo do México.

Imetame

Com 37 anos de história, a Imetame Metalmecânica, com sede situada em Aracruz, atua em todo o território nacional. É especializada em serviços de fabricação, montagem e manutenção mecânica industrial com destaque nos segmentos de Celulose e Papel, Siderurgia, Mineração, Petróleo e Gás, Geração de Energia e Cimento.  Como extensão dos negócios, a empresa possui bases com modernas instalações no litoral de Aracruz (Barra do Riacho) e em Macaé/RJ, atendendo a montagem de equipamentossubsea, módulos para FPSO e manutenção offshore.

Ao longo dos anos, a Imetame diversificou seus negócios. Além da metalomecânica, fazem parte do grupo: Imetame Logística (Porto com conceito multipropósito), Imetame Energia (exploração e produção de petróleo e gás natural onshore e produção de energia), Imetame Pedras Naturais (extração e exportação de rochas ornamentais) e Imetame Monte Serrat (extração de blocos de granito).

Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos a partir da floresta plantada. Faz parte da estratégia da empresa desenvolver, a partir de seus plantios florestais, produtos e serviços de alto valor agregado, que saiam do conceito de commodity e possam substituir derivados fósseis como fonte de matéria-prima. Nessa linha, a empresa planeja produzir bio-óleo (combustível renovável gerado a partir da biomassa) e lignina (componente da madeira que é fonte de produtos alternativos aos derivados do petróleo), além da nanocelulose (material resistente e leve, obtido a partir da celulose), que já vem sendo produzida pela empresa em escala experimental.

Com capacidade produtiva de 7,25 milhões de toneladas de celulose por ano, a Fibria conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. A companhia possui 1,056 milhão de hectares de florestas, sendo 633 mil hectares de florestas plantadas, 364 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental e 59 mil hectares destinados a outros usos. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 35 países e matéria-prima para produtos de educação, saúde, higiene e limpeza.

VIX Logística

Especializada em soluções logísticas customizadas, a VIX Logística é uma das maiores empresas do setor no país. Atua em locação e gestão de frotas, traslados de pessoas, movimentação de cargas, armazenamento, logística interna, gestão de inventário, transporte rodoviário, operações portuárias, logística automotiva e logística dedicada, com operações que vão de norte a sul do Brasil e também no Mercosul.

Em 2016, a empresa fechou o ano com 7,2 mil colaboradores, faturamento de R$ 1 bilhão e uma frota de aproximadamente 5,1 mil veículos e equipamentos. Com boas práticas em qualidade, meio ambiente, saúde e segurança, a busca pela excelência no atendimento já rendeu conquistas e reconhecimentos como o Prêmio As Melhores da IstoÉ Dinheiro, As Melhores na Gestão de Pessoas (Valor Carreira) e também o Prêmio Fornecedor de Valor, da Vale.

Read More
Aracruz adere às dez medidas contra a burocracia

Aracruz, João Neiva e Ibiraçu aderem às 10 Medidas contra a Burocracia 

A proposta da Findes é desburocratizar procedimentos para a obtenção de licenças ambientais

Aracruz adere às dez medidas contra a burocracia

O ES já tem 16 municípios que aderiram às 1o medidas

Aracruz, João Neiva e Ibiraçu assinaram nesta sexta-feira (08), no Teatro Sesi em Aracruz , o Termo de Adesão e Cooperação Técnica com a Findes, que estabelece a implantação das “10 Medidas contra a Burocracia” visando à melhoria do ambiente de negócios para  atrair investimentos, gerar oportunidades e renda, além de incrementar a arrecadação municipal.

Com a adesão desses municípios, já são 16 o número de cidades que se comprometeram com o Pacto para o Desenvolvimento Regional, que engloba as 10 Medidas e foi lançado em agosto de 2017 pelo Conselho Temático de Desenvolvimento Regional (Conder).

Para o vice-presidente institucional da Findes na região, Luis Soares Cordeiro, foi fundamental a conquista do setor produtivo local. “Fruto de muito diálogo,avançamos em mais esse desafio. As prefeituras entenderam a importância de se tornarem mais eficientes e eficazes no modelo de gestão de licenciamento ambiental, apontado pelo Conder como principal entrave para o desenvolvimento da região. A Federação das Indústrias e todo o setor produtivo se colocam à disposição para apoiar os municípios no processo de avançar na desburocratização”, disse.

Read More

Cindes faz homenagem a empresários de destaque na indústria em 2017

Seis empresários do ES receberão medalhas de Mérito nesta quinta-feira (14)

Encontro da indústria Cindes

O cenário econômico de 2017 não foi dos melhores. Porém, mesmo com a economia retraída e os entraves enfrentados pelo setor produtivo, a indústria capixaba conseguiu se destacar no cenário nacional, e alcançou, no mês de outubro, o posto de 5ª melhor produção industrial entre todos os estados brasileiros.

E, para homenagear as lideranças que se destacaram nesse contexto, o Centro da Indústria do Estado do Espírito Santo (Cindes), promove anualmente o Encontro da Indústria, um evento que reúne associados e lideranças do Sistema Findes em uma grande confraternização que, neste ano, acontece no próximo dia 14, no Itamaraty Hall, às 20h, em evento fechado.

Durante a cerimônia serão entregues as medalhas de Mérito Industrial, Mérito Empreendedor e Mérito Sindical para os homenageados escolhidos pela Comissão de Reconhecimento do Mérito Sindical da Indústria do Espírito Santo, que é formada por membros do Conselho de Representantes da Findes.

A grande homenagem da noite fica por conta da Ordem do Mérito Industrial, concedida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).


Confira abaixo a lista de homenageados de 2017

 

 

Read More
Camerata Sesi apresenta concerto de Natal em Aracruz

Orquestra Camerata Sesi apresenta concerto de Natal em Aracruz

Cidade recebeu  pela primeira vez um concerto de Natal executado pela Orquestra Camerata Sesi-ES

Camerata Sesi apresenta concerto de Natal em Aracruz

Camerata Sesi-ES se apresentou canções de Natal para trabalhadores da indústria de Aracruz

Canções clássicas como Noite Feliz, Jingle Bells, Noite Santa e Ave Maria fizeram parte do repertório que foi escolhido pelo maestro Leonardo David, regente da Orquestra Camerata Sesi, e garantiu emoção aos trabalhadores da indústria de Aracruz e região. O Concerto de Natal aconteceu  na última sexta-feira (8), no recém-inaugurado Teatro Luis Soares Cordeiro, localizado no Centro Integrado Sesi/Senai/IEL Sergio Rogerio de Castro.

O diferencial da  apresentação foi a presença da cantora lírica Isabella Luchi, que se despede do estado para fazer Mestrado em Música no exterior. “Fiquei muito feliz com o convite da Camerata Sesi e pela oportunidade de cantar músicas natalinas para os trabalhadores e seus familiares”, salientou.

Leonardo David ressaltou a alegria de levar cultura ao interior do estado e se dedicou com carinho à escolha do repertório apresentado. “Cumprimos nossa missão. Sentimos que as pessoas estavam apreciando a nossa apresentação. Nosso objetivo é levar emoção e alegria aos nossos convidados e, principalmente, a mensagem de confraternização que o Natal proporciona às pessoas”, disse.

O vice-presidente institucional da Findes, Luis Soares Cordeiro, se disse honrado em ter a apresentação da Camerata em Aracruz neste período tão disputado. “Muito nos orgulha poder oferecer aos nossos trabalhadores um concerto da Camerata Sesi aqui em Aracruz. O Auditório Teatro foi construído com o intuito de aproximar a população da cultura. E o nosso Sesi cumpre um papel fundamental nesse quesito. Por isso agradeço a todos que puderam prestigiar a inesquecível apresentação que a  orquestra nos fez”, destacou.

Read More
Três tenores, companhia de ballet e orquestra camerata em apresentação emocionante durante o natal Encantado da Indústria e do Comércio

Sesi e Sesc apresentam tenores, ballet e orquestra no Natal Encantado

Três tenores, companhia de ballet e orquestra camerata em apresentação emocionante durante o natal Encantado da Indústria e do Comércio

Indústria e comércio se uniram para proporcionar um grande espetáculo aos capixabas

Um espetáculo com direito a grandes clássicos e canções contemporâneas, além da remontagem de um dos balés mais famosos do mundo, o Quebra Nozes, fará parte da programação especial do Natal Encantado, no dia 17, no Teatro Glória. O Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço Social da Indústria (Sesi) se uniram para promover o evento, que neste ano terá duas sessões, às 17 h e às 20h. Três tenores italianos, Orquestra Camerata Sesi, Cia de Dança SESIMINAS e coro fazem parte do programa.

Os ingressos serão vendidos a partir desta terça-feira (12), das 11h às 19h30, na bilheteria do Centro Cultural Sesc Glória, sendo R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada, valor válido para comerciários e industriais).

Uma decoração especial está sendo preparada para as apresentações. No interior do Teatro Glória, o público vivenciará momentos especiais ao acompanhar os efeitos de imagens produzidos a partir de videomapping 3D, técnica de projeção em superfícies diversas que utiliza softwares especializados e projetores de alta potência.

Além do jogo de imagens, a diversidade musical marcará o repertório composto por obras clássicas e contemporâneas a som da Orquestra Camerata Sesi e coro. Em turnê pelo Brasil, três tenores italianos, Paulo Mandarino, Fernando Portari e Anibal Mancini foram convidados especialmente para o evento e vão se juntar aos demais artistas no palco.

Entre as atrações, a Cia de Dança SESIMINAS, composta por bailarinos de formação clássica, apresentará “O Quebra Nozes” do compositor russo, Tchaikovsky. O espetáculo terá também a participação de bailarinos do Estado com a escola Monique Vieira – Estação de Dança. O balé narra a história em que a fantasia e a magia, típicas do romantismo, contam as aventuras de um quebra-nozes de aparência humana, vestido como um soldado, mas que tem as pernas e a cabeça de tamanho desmensurado.

Acompanhe todas as novidades em nosso evento no Facebook. Convide sua família e confirme presença no Natal Encantado Sesi e Sesc.

Serviço

Sesi e Sesc apresentam Natal Encantado

Data: 17 de dezembro (domingo), às 17h e às 20h
Local: Centro Cultural Sesc Glória
Ingressos: R$ 20/ inteira R$ 10/meia-entrada. Trabalhadores da indústria e do comércio têm direito a pagar meia.
Vendas: Os ingressos podem ser adquiridos a partir do dia 12 de dezembro, na bilheteria do Teatro Sesc Glória, das 11h às 19h30

Read More
Coletiva de Imprensa Produção Industrial Capixaba

Produção industrial do ES é 5ª melhor do país em outubro

Coletiva de Imprensa Produção Industrial Capixaba

O presidente do Sistema Findes, Léo de Castro, apresentou os números da indústria capixaba à imprensa durante coletiva

O desempenho da indústria capixaba ficou acima da média nacional, na passagem de setembro para outubro, segundo dados divulgados pelo IBGE e apresentados pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies) em coletiva nessa sexta-feira (08). A indústria capixaba ampliou +0,5% e apresentou o quinto melhor resultado entre as unidades da federação. Já o país aumentou sua produção em 0,2%.

Para o presidente do Sistema Findes, Léo de Castro, o crescimento da produção física industrial, da arrecadação de impostos e da geração de empregos mostra que o Estado está entrando em um período melhor e que 2018 deve acompanhar a tendência apresentada. “Nosso olhar é muito otimista para frente”, acrescentou.

No acumulado em 12 meses, a indústria capixaba avançou +1,8% em outubro deste ano, taxa positiva mais elevada desde dezembro de 2015. Esse resultado conferiu ao Espírito Santo o quinto melhor ganho de ritmo de crescimento da produção física industrial.

No acumulado entre janeiro e outubro deste ano, a indústria capixaba cresceu +2,5%. O avanço está associado ao comportamento positivo de três setores: produtos alimentícios (+14,2%), puxados pelos itens carnes de bovinos frescas ou refrigeradas, açúcar cristal, e massas alimentícias secas; indústrias extrativas (+3,3%) e celulose, papel e produtos de papel (+1,5%), explicado, principalmente, pela maior fabricação de pastas químicas de madeira (celulose).

“O crescimento do setor de alimentos se deve à combinação de alguns fatores da economia, como a deflação de 0,03 apresentada pelo Estado em outubro. A indústria de alimentos cresce com a retomada do poder de compra. Com a inflação em queda, a recessão dos juros e a liberação de crédito, o poder de compra aumenta. E o setor alimentício é o primeiro a reagir”, explicou Castro.

Outros dois setores analisados apresentaram queda: metalurgia (-0,7%) e minerais não-metálicos (-5,6%), que se deve pela redução da produção de tubos flexíveis e tubos trefilados de ferro e aço; e de granitos talhado ou serrado e cimentos “Portland”, respectivamente.

Convidado da coletiva, o CFO da ArcelorMittal, Paulo Wanick, apresentou as ações da empresa para aumento de produtividade, as previsões de investimentos e geração de emprego para o próximo ano.

Read More

Findes apoia retomada das operações da Samarco durante audiência pública

Uma comitiva formada por 28 representantes da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) expressou seu apoio à retomada das atividades da Samarco durante a audiência pública realizada na cidade de Mariana (MG) nesta quinta-feira (7). Um grupo de Guarapari e Anchieta, onde a mineradora mantem sua sede, também esteve presente.

A audiência pública, que é obrigatória no processo de licenciamento ambiental para permitir a volta da companhia às suas operações, reuniu cerca de 1500 pessoas, entre representantes da sociedade civil organizada e do poder público. Durante o encontro, o presidente da Samarco, Roberto Carvalho, informou que a expectativa é de que a Usina de Pelotização 4 volte a operar a partir de julho do próximo ano e a Usina de Pelotização 3 a partir de dezembro de 2018.

Retomada dos investimentos

A volta do funcionamento da Samarco é aguardada com grande expectativa por atores do setor produtivo capixaba. Léo de Castro, presidente da Findes, já afirmou que a federação está atuando fortemente junto à empresa com o objetivo de superar os entraves que impedem o retorno das atividades da mineradora no Espírito Santo.

“É um desejo de todos nós que a empresa retome as atividades o quanto antes, pois representa 5% do PIB do Espírito Santo. O que a Samarco deixa de arrecadar de ICMS para o Espírito Santo equivale hoje a todo o investimento que o estado está fazendo. Se a Samarco tivesse operando, o estado dobraria a sua capacidade de investimento”, declarou.

 

Licenciamento ambiental

As audiências públicas sobre o Licenciamento Operacional Corretivo do Complexo de Germano foram realizadas nos dias 6 e 7 de dezembro, em Matipó e Mariana (MG), respectivamente, às 19h. Na próxima segunda-feira, 11 de dezembro, está programada a audiência de Ouro Preto, também em Minas Gerais.

Read More

Circuito de Capacitação do Vestuário: como vender mais investindo em relacionamento com o cliente de moda

Sistemas de Relacionamento em Moda em pauta no último Circuito de Capacitação do Vestuário 2017

Como ter um novo relacionamento com clientes de moda e gerar resultados de venda? Esse assunto será discutido na última palestra do Circuito de Capacitação do Setor do Vestuário de 2017, que acontece entre os dias 11 e 13 de dezembro, nos municípios de Vitória (11), Linhares (12), Colatina (12) e Cachoeiro de Itapemirim (13), com a especialista Denize Mattos, cujas apresentações têm como tema “Sistemas de Relacionamento em Moda”. As inscrições podem ser feitas no seguinte endereço eletrônico: eventos.sistemafindes.org.br.

Objetivo

Com base no arquétipo chamado “novo relacionamento com clientes de moda”, a palestra objetiva traçar um mapa que integra o comportamento do consumidor contemporâneo com estratégias para lidar com clientes baseadas em inovação, captação e retenção. Serão apresentados processos que conciliam o atendimento de necessidades do negócio de moda em diversos campos com melhores resultados em vendas.

Denize Mattos

É graduada em Gestão de Marketing pela Universidade Cândido Mendes – UCAM, com MBA em Gestão de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e MBA em Varejo Internacional pela Universidade de Youngstown, nos Estados Unidos. Ela acumula 25 anos de experiência em gestão de varejo e trabalhou 17 anos no Grupo Soma, como supervisora da marca Animale e diretora comercial das marcas Farm, Fábula e Foxton, onde implantou estratégias comerciais em linha com a satisfação do cliente, o aumento de vendas e a maximização das margens.

Serviço

Sistemas de Relacionamento em Moda

Palestrante: Denize Mattos

Vitória – 11/12 – 18h30 (Edifício Findes)

Linhares – 12/12 – 8h30 (Centro Integrado Sesi/Senai Linhares)

Colatina – 12/12 – 16h (Centro Integrado Sesi/Senai Colatina)

Cachoeiro de Itapemirim – 13/12 – 8h30 (Centro Integrado Sesi/Senai Cachoeiro)

Read More

Mercado de trabalho: curso técnico pode aumentar a renda em 18%

Profissionais que fazem cursos técnicos ganham, em média, 18% a mais do que os que fizeram apenas o ensino médio. O dado é de uma pesquisa encomendada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo IBGE.

Além do acréscimo na renda, fazer um curso técnico também possibilita uma inserção mais rápida no mercado de trabalho, já que a média de duração deste tipo de formação gira em torno de um ano e meio. Outra vantagem são os cursos voltados especificamente para as necessidades das empresas, já que os cursos oferecem capacitação específica e especializada na atividade que o profissional irá desenvolver, o que aumenta consideravelmente as chances de conseguir um emprego.

Senai é preferência no ES

No Espírito Santo, quando o assunto são os cursos de capacitação profissional na área industrial, o Senai-Es é preferência na capacitação. De acordo com a pesquisa de acompanhamento de egressos pela instituição, 95% das indústrias capixabas preferem contratar técnicos formados no Senai-ES.

Senai-ES abre 670 vagas para cursos técnicos

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está com matrículas abertas para 670 vagas de cursos técnicos na Grande Vitória e no interior do Estado.

As oportunidades são para as áreas de técnico em eletrotécnica, mecânica, vestuário, desenvolvimento de sistemas, segurança do trabalho, alimentos, edificações, logística, móveis, automação industrial, redes de computadores e plástico.

As matrículas poderão ser feitas até o dia 19 de janeiro nas unidades de Vitória, Vila Velha, Serra, Linhares, Colatina e Cachoeiro. Podem se inscrever estudantes que estejam cursando a partir do 2º ano ou que já tenham concluído o Ensino Médio.

Os cursos têm duração média de dois anos e custam a partir de R$ 266. As aulas são presenciais e vão acontecer nos turnos vespertino ou noturno a partir do dia 31 de janeiro.

Faça sua pré-inscrição e garanta já sua vaga: senaimatriculas.org.br

Read More