Representantes de operadoras, fretadoras e fornecedores do setor de óleo e gás participaram do RoadShow

Representantes de operadoras, fretadoras e fornecedores do setor de óleo e gás participaram do RoadShow

Aproximar operadoras, fretadoras e fornecedores da cadeia de óleo e gás, apresentar potencialidades do Espírito Santo e gerar novas oportunidades para a indústria capixaba. Foi com estes objetivos que aconteceu, nesta terça-feira (12), o Circuito Virtuoso da Indústria de Óleo e Gás no Espírito Santo. O roadshow, com deslocamento realizado pela Vix Logística, foi realizado no município de Aracruz, onde estão instalados o Estaleiro Jurong, a Imetame e a Fibria.

Promovido pelo Ministério de Minas e Energia, pela Onip, pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e pela Findes, o Circuito Virtuoso buscou ampliar a competitividade e a inserção das indústrias capixabas na cadeia produtiva. Além da visita às empresas realizadoras do evento, foram apresentados cases de sucesso do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás.

Potencialidades do Espírito Santo

O governador Paulo Hartung esteve presente e ressaltou as potencialidades da região. “Aracruz é uma das locomotivas do desenvolvimento do Estado. Temos a Fibria, a maior produtora de celulose do mundo; o estaleiro da Jurong, com a melhor infraestrutura do Brasil; e ainda o futuro terminal portuário da Imetame. E além disso tudo, o ramal ferroviário da Vitória – Minas, nos ligando ao Brasil central e que atualmente está subutilizado”.

O secretário nacional de Petróleo e Gás, Márcio Felix, foi um dos idealizadores do evento e falou da importância desse encontro para o Espírito Santo. “O Estado tem um potencial enorme a ser explorado e foi esse o motivo de termos o escolhido pra lançar o Circuito. Vamos continuar conectando pessoas e empresas para fortalecer toda a cadeia produtiva Capixaba”.

O industrial Luis Cordeiro, vice-presidente da Findes, reforçou aos presentes o papel da Federação. “Temos feito um trabalho incessante para melhorar o ambiente de negócios do Estado. Para isso, implementamos uma série de ações, entre elas as 10 medidas contra a burocracia, inclusive assinadas na última semana com a Prefeitura de Aracruz. Além disso, vamos lançar em breve o Anuário do Petróleo e Gás, que vai reunir informações estratégicas sobre o cenário econômico capixaba e contribuirá com os investidores na tomada de decisão”.

Segundo maior produtor de petróleo do país, o Espírito Santo representa 15% do volume nacional, com cerca de 500 mil barris por dia. A cadeia de petróleo e gás no ES gera atualmente 9.680 empregos formais. Os campos petrolíferos se localizam em terra e mar, em águas rasas, profundas e ultraprofundas.

Conheça um pouco mais das indústrias anfitriãs do evento:

Estaleiro Jurong Aracruz

Mais novo estaleiro integrado do Grupo Sembcorp Marine de Cingapura no Brasil, o Estaleiro Jurong Aracruz está localizado em área privilegiada no litoral do município de Aracruz. Projetado e construído para atender aos mais modernos padrões mundiais de tecnologia para área naval e offshore, o Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) realiza a construção de navios-sonda, unidades semissubmersíveis, jack-ups, navios petroleiros, plataformas e embarcações de apoio, bem como integração de FPSOs, fabricação de módulos para plataformas de petróleo, reparos navais, modificação e modernização de embarcações.

As instalações estado da arte do Estaleiro Jurong Aracruz estão distribuídas em uma área de 825.000 m², incluindo um cais de atracação com extensão de 920 metros, instalações auxiliares de fabricação de tubulações e oficinas de corte e processamento de chapas de aço com capacidade de quatro mil toneladas de aço por mês. Entre os equipamentos em destaque, o estaleiro conta com o L3602, o maior guindaste flutuante da América Latina com capacidade de içamento de 3600 toneladas. O Estaleiro Jurong Aracruz está localizado estrategicamente próximo aos campos do pré-sal brasileiro e posicionado para atendimento das demandas da indústria de petróleo e gás do Atlântico e Golfo do México.

Imetame

Com 37 anos de história, a Imetame Metalmecânica, com sede situada em Aracruz, atua em todo o território nacional. É especializada em serviços de fabricação, montagem e manutenção mecânica industrial com destaque nos segmentos de Celulose e Papel, Siderurgia, Mineração, Petróleo e Gás, Geração de Energia e Cimento.  Como extensão dos negócios, a empresa possui bases com modernas instalações no litoral de Aracruz (Barra do Riacho) e em Macaé/RJ, atendendo a montagem de equipamentossubsea, módulos para FPSO e manutenção offshore.

Ao longo dos anos, a Imetame diversificou seus negócios. Além da metalomecânica, fazem parte do grupo: Imetame Logística (Porto com conceito multipropósito), Imetame Energia (exploração e produção de petróleo e gás natural onshore e produção de energia), Imetame Pedras Naturais (extração e exportação de rochas ornamentais) e Imetame Monte Serrat (extração de blocos de granito).

Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos a partir da floresta plantada. Faz parte da estratégia da empresa desenvolver, a partir de seus plantios florestais, produtos e serviços de alto valor agregado, que saiam do conceito de commodity e possam substituir derivados fósseis como fonte de matéria-prima. Nessa linha, a empresa planeja produzir bio-óleo (combustível renovável gerado a partir da biomassa) e lignina (componente da madeira que é fonte de produtos alternativos aos derivados do petróleo), além da nanocelulose (material resistente e leve, obtido a partir da celulose), que já vem sendo produzida pela empresa em escala experimental.

Com capacidade produtiva de 7,25 milhões de toneladas de celulose por ano, a Fibria conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. A companhia possui 1,056 milhão de hectares de florestas, sendo 633 mil hectares de florestas plantadas, 364 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental e 59 mil hectares destinados a outros usos. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 35 países e matéria-prima para produtos de educação, saúde, higiene e limpeza.

VIX Logística

Especializada em soluções logísticas customizadas, a VIX Logística é uma das maiores empresas do setor no país. Atua em locação e gestão de frotas, traslados de pessoas, movimentação de cargas, armazenamento, logística interna, gestão de inventário, transporte rodoviário, operações portuárias, logística automotiva e logística dedicada, com operações que vão de norte a sul do Brasil e também no Mercosul.

Em 2016, a empresa fechou o ano com 7,2 mil colaboradores, faturamento de R$ 1 bilhão e uma frota de aproximadamente 5,1 mil veículos e equipamentos. Com boas práticas em qualidade, meio ambiente, saúde e segurança, a busca pela excelência no atendimento já rendeu conquistas e reconhecimentos como o Prêmio As Melhores da IstoÉ Dinheiro, As Melhores na Gestão de Pessoas (Valor Carreira) e também o Prêmio Fornecedor de Valor, da Vale.

Imprimir

Notícias Relacionadas