Profissionais que fazem cursos técnicos ganham, em média, 18% a mais do que os que fizeram apenas o ensino médio. O dado é de uma pesquisa encomendada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo IBGE.

Além do acréscimo na renda, fazer um curso técnico também possibilita uma inserção mais rápida no mercado de trabalho, já que a média de duração deste tipo de formação gira em torno de um ano e meio. Outra vantagem são os cursos voltados especificamente para as necessidades das empresas, já que os cursos oferecem capacitação específica e especializada na atividade que o profissional irá desenvolver, o que aumenta consideravelmente as chances de conseguir um emprego.

Senai é preferência no ES

No Espírito Santo, quando o assunto são os cursos de capacitação profissional na área industrial, o Senai-Es é preferência na capacitação. De acordo com a pesquisa de acompanhamento de egressos pela instituição, 95% das indústrias capixabas preferem contratar técnicos formados no Senai-ES.

Senai-ES abre 670 vagas para cursos técnicos

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está com matrículas abertas para 670 vagas de cursos técnicos na Grande Vitória e no interior do Estado.

As oportunidades são para as áreas de técnico em eletrotécnica, mecânica, vestuário, desenvolvimento de sistemas, segurança do trabalho, alimentos, edificações, logística, móveis, automação industrial, redes de computadores e plástico.

As matrículas poderão ser feitas até o dia 19 de janeiro nas unidades de Vitória, Vila Velha, Serra, Linhares, Colatina e Cachoeiro. Podem se inscrever estudantes que estejam cursando a partir do 2º ano ou que já tenham concluído o Ensino Médio.

Os cursos têm duração média de dois anos e custam a partir de R$ 266. As aulas são presenciais e vão acontecer nos turnos vespertino ou noturno a partir do dia 31 de janeiro.

Faça sua pré-inscrição e garanta já sua vaga: senaimatriculas.org.br