Ocupação SocialNesta quinta-feira (21), 220 jovens vão receber os certificados dos cursos realizados pelo Programa Ocupação Social, coordenado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH). Os alunos concluíram os cursos de auxiliar de escritório, soldador, eletricista, instalador de antena digital e empreendedorismo, todos ofertados gratuitamente graças à parceria com o Sesi, o Senai e o Sebrae, com apoio das comunidades que cederam os locais para realização das aulas.

Em 2016 e 2017, mais de mil alunos foram atendidos pelo programa por meio da parceria com o Sesi e o Senai-ES e fizeram cursos nas áreas de auxiliar de escritório, ajudante de cozinha, eletricista industrial, montador e reparador de computadores, soldador, eletricista instalador predial, pintor e instalador de antena digital.

O evento será realizado às 18h, no auditório da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), localizado na Avenida Nossa Senhora da Penha, nº 2053, Santa Lúcia, Vitória-ES.

“Nossos parceiros do Ocupação Social são fundamentais para a existência e para o sucesso do Programa, pois desde o início abraçaram esta causa e entenderam que este trabalho não cabe apenas ao Estado. É uma ação de todos, poderes públicos, instituições sociais, empresários e comunidades atendidas. Nossa maior função, como Governo, é reunir iniciativas, ligando os pontos e oferecendo uma rede que leve as oportunidades a esses jovens que mais precisam”, salientou o secretário Julio Pompeu.

 

Ocupação Social

O Programa Ocupação Social tem como principal objetivo a redução dos índices de homicídio entre os jovens, que atualmente representam 40% das vítimas de crimes contra a vida no Estado. O programa atua em 26 bairros da Grande Vitória e do interior do Espírito Santo identificados como áreas de alto índice de risco. Para mudar essa realidade, o Ocupação Social busca levar oportunidades, como cursos profissionalizantes, aos jovens moradores destas áreas vulneráveis.

Imprimir

Notícias Relacionadas