O Conexão Cindes de novembro, promovido pelo Centro da Indústria do Espírito Santo (Cindes) na noite desta quinta-feira (23), teve a participação do economista-chefe do Banco Safra, Carlos Kawall. O encontro reuniu cerca de 200 pessoas e debateu perspectivas econômicas para o Brasil em 2018.

Kawall apresentou projeções que apontam crescimento de 0,7% no PIB nacional deste ano e de 2,5% para 2018. O economista, entretanto, ressaltou os diferenciais do Espírito Santo no cenário atual. “O Estado viveu uma perda excessiva de receitas, mas soube manter suas finanças em ordem com boa gestão”, pontuou.

Para o presidente do Sistema Findes/Cindes, Léo de Castro, o Conexão Cindes vem se consolidando como um espaço para a discussão de temas relevantes para todo o setor produtivo. “Este é o ambiente da convergência, onde podemos reunir comércio, indústria, agricultura, transportes e tantos outros setores. Queremos juntar forças em prol do desenvolvimento do Estado”, destacou.

Criado em setembro deste ano, o Conexão Cindes teve a participação do economista e pesquisador da Fipe/USP, Paulo Tafner, em sua primeira edição, seguido do juiz do TRT do Paraná, Roberto Dala Barba Filho, integrante da comissão de implantação da Reforma Trabalhista, em palestra no mês seguinte.