Aconteceu nesta quinta-feira, 08, o seminário da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes na Indústria da Construção 2017/2018, na sede da Findes. O evento trouxe a discussão sobre a saúde e segurança do trabalhador da construção civil e contou com a participação de diversos órgãos do setor.

Estiveram presentes nas mesas redondas os representantes do Serviço Social da Indústria (SESI), Câmara Brasileira da Indústria e Construção (CBIC), Sindicato da Indústria da Construção Civil do Espírito Santo (Sinduscon – ES) e do Ministério do Trabalho.

Além de estratégias de prevenção, foram discutidas as novidades no setor, como a reforma trabalhista e a implementação do eSocial.  “É importante essa conscientização das empresas, dos empresários e dos profissionais para a aprimorar e implementar a nova legislação e métodos e trazer mais segurança para o trabalhador da construção”, afirma Paulo Alexandre Baraona, presidente da Sinduscon – ES.

Acidentes de trabalho no Brasil

O debate é de extrema relevância, pois no Brasil a cada 44 segundos acontece um acidente de trabalho, sendo um incapacitado a cada 30 minutos. Ao todo são 2.800 mortes por acidente de trabalho por ano. Além dos gastos com trabalhadores acidentados que já ultrapassam 200 bilhões de reais a cada ano.

Saiba mais sobre a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes na Indústria da Construção.

Imprimir

Notícias Relacionadas