Foi inaugurado nesta sexta-feira (02) o novo entreposto da Zona Franca de Manaus (ZFM), localizado em Cariacica. O evento realizado na Terca, empresa vencedora da licitação para receber produtos das mais de 500 indústrias que atuam na ZFM, teve a participação de lideranças empresariais e políticas do Espírito Santo. A partir de agora, fica permitida a movimentação de cargas para Cariacica e o estoque de produtos por até 180 dias, sem cobrança de ICMS.

Espírito Santo ganha centro de distribuição da Zona Franca de Manaus

Segundo o superintendente da Terca, Sidemar de Lima Acosta, o centro de distribuição deve gerar 130 empregos e foram investidos R$ 2 milhões na adaptação do armazém. Para o presidente do Sistema Findes, Léo de Castro, o entreposto vai irradiar oportunidades para a economia capixaba, em especial, para os setores de logística e da indústria.

“A indústria presente na Zona Franca é muito forte em partes e peças, itens com baixo custo logístico e que ‘viajam bem’, como costumamos dizer. Quando trazemos um entreposto para o Sudeste, maior mercado consumidor do país, estamos atraindo novas indústrias, que vão agregar valor a estes produtos e ajudar no desenvolvimento do Estado”, exemplificou Castro.

Findes se aproxima de empresários da Zona Franca de Manaus

Em agosto de 2017, a Findes integrou comitiva de lideranças capixabas durante visita a Manaus. O grupo realizou reuniões com empresários que operam na Zona Franca e com autoridades amazonenses para apresentar vantagens do novo entreposto situado em Cariacica. Na ocasião, a Findes, representada pelo vice-presidente Luiz Rigoni, ressaltou o ambiente de negócios favorável ao investimento e a infraestrutura portuária em expansão.

Na cerimônia de inauguração, o presidente do Sistema Findes reforçou os diferenciais do Estado. “O Espírito Santo está à frente do Brasil na retomada, no crescimento econômico, no equilíbrio fiscal, na segurança jurídica e, agora, nas vantagens logísticas. O setor produtivo trabalha pela convergência, estamos unidos para fortalecer projetos que tragam desenvolvimento para todos. O entreposto é símbolo deste esforço coletivo”, argumentou.

Imprimir

Notícias Relacionadas