O mundo está cada vez mais conectado e, para atender essas novas demandas, as empresas também precisam estar mais envolvidas e globalizadas, adaptando-se a diferentes visões e inovações. Dentro desse contexto, se exige cada vez mais que os Recursos Humanos estejam inteirados e aptos para captar e manter talentos que se ajustem facilmente a esse universo.

O gerenciamento de pessoas dentro de uma organização tem passado por modificações ao longo dos anos, o que antes era denominado Recursos Humanos, setor responsável pelas atividades burocráticas do pessoal de uma empresa abriu espaço para a Gestão de Pessoas, que exerce a administração de recursos humanos. “E uma associação de habilidades e métodos, técnicas e práticas definidas, com o objetivo de administrar os comportamentos internos e potencializar o capital humano nas empresas”, explicou a diretora de RH da 3M, Sandra Barquilha, durante o Fórum IEL de Gestão, realizado na última quarta-feira (22).

Uma nova geração tem se incorporado ao mercado de trabalho e por isso, as empresas precisam se adequar a essa nova realidade. Trata-se de uma geração que tem as próprias peculiaridades e o gestor precisa estar bem preparado para lidar com ela e aproveitar todo o seu potencial. Para Sandra os novos profissionais se caracterizam pela busca efetiva de autorrealização e nutrem um desejo elevado de mudar o mundo. “Eles estão sintonizados com as novas tecnologias, sempre dispostos a inovar e fazer uso de recursos digitais para otimizar e ampliar os resultados do seu trabalho”, ressaltou.

“ É realmente necessário que as empresas se ajustem à nova geração para conquistar novos talentos e poder usufruir os benefícios de seu trabalho. As pessoas são os ativos mais preciosos das organizações, pois se espera que cada uma delas transforme o conhecimento em resultados e melhoria de processos”, afirmou a especialista. “Reter esses talentos talvez seja o grande desafio das empresas e para vencê-lo é necessário ter foco nesses objetivos em uma área que tenha autonomia, diversidade nas tarefas, responsabilidade, oportunidade de crescimento, foco nos resultados e respeito com feedbacks.”

Fórum IEL de Gestão

Em sua segunda edição, realizada nesta quarta-feira (22), o Fórum IEL de Gestão já entrou para o calendário de eventos empresariais do Espírito Santo como um dos mais importantes painéis de discussão sobre assuntos econômicos, o cenário atual e tendências para o futuro. Com palestrantes de renome no cenário político e econômico, o evento reuniu cerca de 800 pessoas entre lideranças empresariais, industriais e políticas no espaço do Itamaraty Hall, em Vitória.

O fórum recebeu nomes como o sociólogo e presidente da República por dois mandatos, Fernando Henrique Cardoso; o ex-presidente do BNDES e ex-ministro de Comunicações, Luiz Carlos Mendonça de Barros; e o vice-presidente da Toyota, Miguel Fonseca, para discutir propósito, pessoas e o cenário econômico brasileiro. Os convidados puderam fazer perguntas aos palestrantes e acompanhar o reconhecimento das empresas que são destaque na edição deste ano do Anuário IEL 200 Maiores e Melhores Empresas para se trabalhar.

 

Por Cinthia Pimentel

Imprimir

Notícias Relacionadas