A crise financeira vivenciada pelo Brasil nos últimos anos transformou a forma como os empresários fazem negócios. Em um ambiente mais competitivo, as tarefas de aumentar a capacidade de produção, reduzir custos e superar as expectativas dos consumidores se tornaram ainda mais desafiadoras. Esses são conceitos bem conhecidos do sistema de gestão lean.

O lean manufacturing é o nome que se dá ao Sistema Toyota de Produção, que se baseia numa abordagem sistemática para identificar e eliminar o desperdício (aquilo que não agrega valor) através da melhoria contínua, buscando qualidade total. E esse contexto de desafios e mudanças requer funcionários motivados, satisfeitos e comprometidos, uma vez que eles são fundamentais no processo de desenvolvimento organizacional. Leia mais sobre a valorização da força de trabalho, que é a primeira ferramenta de trabalho, para implantação da produção enxuta.

A segunda ferramenta para aplicação do lean é a fabricação com qualidade ou qualidade na fonte (jidoka). Seu objetivo é eliminar desperdícios oriundos de operações extras e demais recursos em função da não qualidade. “Ela é composta por três elementos básicos: fazer certo na primeira vez, corrigir os erros em suas causas raízes e utilizar equipes de melhoria contínua (Kaizen) ”, explica o gerente de Produtividade, Álvaro Diaz Marques.

Lean Manufacturing aplicada a produção de laticínios – o case da Veneza

Fundada por 17 produtores rurais no ano de 1953, a VENEZA – Cooperativa Agropecuária do Norte do Espírito Santo – que fabrica e comercializa os produtos da marca Veneza – foi criada com o objetivo de sanar os problemas de comercialização de leite numa região controlada pela pecuária de corte e buscando melhores condições econômicas e sociais.

A marca Veneza surgiu em homenagem aos imigrantes italianos da cidade de Veneza, que habitaram inicialmente o município de Nova Venécia. A marca foi registrada para identificar os produtos da cooperativa, tornando-se conhecida de todos e presente em várias regiões do Brasil. Nestes 64 anos de atividades, a cooperativa cresceu e se desenvolveu tornando uma das principais geradoras de emprego e fonte de renda da região.

Em abril deste ano, a gestão da equipe decidiu implementar em uma das suas linhas de produção a metodologia do lean e, em menos de 40 dias, já conquistou uma redução de 50% no tempo de produção. “Com uma simples mudança na nossa linha de trabalho, ajustando o posicionamento das maquinas e interligando melhor os processos, alcançamos um melhor desempenho e aumentamos a produtividade em mais de 20%”, explicou o gerente industrial Adamo Ozorio.

“A partir do sucesso da implantação nesse produto específico, que era um gargalo para nós, vamos estender para outros processos, porque é evidente o aumento da produtividade, e consequentemente da lucratividade, com medidas simples”, ressaltou.

Como se qualificar no Lean?

MBA Executivo em Lean Manufacturing

Visando apoiar empresas e gestores, o Senai-ES, em parceria com o SENAI-BA, está com inscrições abertas para a primeira turma de MBA Executivo em Lean Manufacturing, que visa formar profissionais qualificados para atuar na Gestão Industrial, aplicando a manufatura enxuta como ferramenta operacional para ampliação de resultados e lucros. O curso será realizado, preferencialmente, nos fins de semanas e nas instalações do SENAI, em Vitória, com início das aulas previsto para o segundo semestre deste ano. Se interessou? Preencha o formulário de interesse e, em breve, entraremos em contato.

Ciclo de palestras

Serão realizadas palestras sobre produção enxuta, com o objetivo de disseminar e informar sobre a atuação do Espírito Santo no “Programa Brasil + Produtivo”. Hoje, dia 15, o Senai, em Linhares sedia a próxima edição do ciclo, com apresentação de resultados das diversas empresas capixabas que participaram do programa e tiveram em média 80% de aumento em produtividade. Em seguida, uma próxima edição será realizada no Senai Araçás, no dia 21. Mais informações no telefone (27) 3334-5775.

Inscreva-se!

Quer implementar o lean na sua empresa também? Entre em contato conosco pelo e-mail produtividade@findes.org.br

Saiba mais

Lean Manufacturing: o que é e como funciona?

Onde está o desperdício? Conheça os 8 tipos mais comuns nas empresas

Por que a valorização da força de trabalho é indispensável para o Lean?

 

Por Cinthia Pimentel

Imprimir

Notícias Relacionadas