Quer aprender a eliminar desperdícios da sua empresa, otimizar e aumentar a produtividade e, consequentemente, elevar os lucros? Então você precisa conhecer o programa Mentoria Lean do Senai. Um grupo já está realizando as atividades em Colatina e teve mais uma etapa concluída nesta quinta-feira (13).

Esse é o primeiro grupo da cidade que realiza essa capacitação, lançada em março, com o objetivo de diminuir a distância que há entre a indústria capixaba e as novidades tecnológicas trazidas pela Indústria 4.0. Entre elas, as ferramentas do Lean Manufacturing, ou a manufatura enxuta, que auxiliam na identificação e eliminação do desperdício durante o processo industrial

“A Mentoria Lean é um produto desenvolvido por nós do Senai Espírito Santo, que visa transferir para os líderes das empresas a cultura Lean. Essa transferência de conhecimento permite que as empresas possam buscar melhorias contínuas mesmo após o término do programa”, explica a consultora Bruna Neitzel Sepulcri.

Empresas de qualquer segmento que esteja interessadas a diminuir desperdícios e aumentar a produtividade podem fazer parte do programa, que tem uma duração de até três meses e é desenvolvido com grupos de 4 a 6 empresas.

“Ela pode ser adaptada a realidade da empresa. A carga horária hoje contempla alguns encontros presenciais no Senai e alguns outros encontros na empresa, com a equipe selecionada pelos gestores para ser treinada pela mentoria”, afirmou Bruna.

Participantes

Em busca do aumento da produtividade, a Ecoart Lavanderia é uma das empresas que procuraram a Mentoria Lean. Segundo a diretora, Linézia Pereira, foi identificado que o setor de maior gargalo da empresa era a passadoria, nos quesitos movimentação e transporte. Ela afirma que já observa bons resultados com o programa.

“Eu estou amando a mentoria, porque está realmente ajudando a empresa. Nós já conseguimos implantar o fluxo contínuo para a saída de peças de roupa ser mais rápida”, explicou.

A ideia da empresária é poder usar os aprendizados da Mentoria em outras áreas da Ecoart. “Como empresários, a gente está sempre preocupado em resolver problemas com um todo e, às vezes, não conseguimos observar detalhes que se tornam gargalos. A mentoria abre nossos olhos para diversas outras coisas que estão acontecendo na empresa”, destacou Linézia.

A equipe da Visual Etiquetas também está fazendo a Mentoria com o foco de eliminar desperdícios, segundo o supervisor de qualidade da empresa, Luiz Carlos Couto. O setor escolhido foi o de silk, um processo de impressão a tela de texto ou figura.

“Com um semana já conseguimos observar uma mudança bem nítida da redução do desperdício. Eu espero conseguir implementar as técnicas em toda a empresa”, afirmou.

Saiba Mais

A Mentoria Lean ocorre em três etapas: diagnóstico do processo produtivo, com duração de 16h; execução no processo produtivo, com duração de 20h; e a entrega de resultados, com duração de 12 horas.

O programa foi lançado em março deste ano durante o Workshop Competitividade promovido pelo Instituto Senai de Tecnologia (IST), em Vitória.

Empresas interessadas em participar do programa devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou telefones 3334-5217 e 3334-5218.

– Conheça as etapas do Mentoria Lean:

Etapa 1 – Diagnóstico Do Processo Produtivo (16h)

– 8h de treinamento (Base Senai): lean game (8 desperdícios), Mapa de Fluxo de Valor (MFV) e Formação Equipe Kaizen
– 4h de mentoria para elaboração do MFV e identificação dos desperdícios
– 4h de suporte para conclusão do MFV (PDCA) (2h+2h)

Etapa 2 – Execução No Processo Produtividade (20h)

– 8h de Treinamento (Base Senai): lean game (7 ferramentas e MFV Futuro)
– 4h de mentoria para elaboração do Plano de Ação da Empresa e MFV – Futuro
– 8h de suporte para conclusão do Plano de Ação e intervenções (PDCA) (2h+2h+2h+2h)

Etapa 3 – Entrega dos Resultados (12h)

– 4h de Treinamento (Base Senai): indicadores e gestão à vista
– 4h de mentoria para formação de grupo Kaizen
– 4h de mentoria para implantação de gestão a vista

Por Fiorella Gomes

Imprimir