Foi o que revelou especialista em evento promovido pelo Sistema Findes

O Circuito de Capacitação do Setor do Vestuário trouxe ao debate, neste mês de julho, um assunto que parece simples, porém mostra ter, na prática, uma complexidade a ser trabalhada com mais cuidado: a produção de conteúdo para as mídias sociais. A responsável pela discussão do tema foi a especialista em conteúdo de moda Renata Valois.

Veja:
Conteúdo para novas mídias em pauta no Circuito de Capacitação do Setor do Vestuário

“O celular é uma arma e, como toda arma, pode matar. No nosso caso, pode matar uma venda, uma marca que quer se estabelecer no mercado. Inclusive pode atrair um público-alvo que o negócio não deseja e causar uma reação em cadeia que levará a empresa à falência. É preciso saber usar os recursos que nossos tempos permitem, mas tendo consciência de que não é porque eu tenho uma conta em um Instagram que eu saberei usar esse recurso com profissionalismo”, alertou a especialista.

Valois relatou sua trajetória profissional enfocando em evidenciar que o planejamento é o cerne de qualquer negócio e, consequentemente, o foco das estratégias de produção de conteúdo. “Em geral, o brasileiro está acostumando a fazer business, deixando um pouco a questão de intuição, de protecionismo. O conteúdo nas mídias sociais é um espelhamento do negócio”, explicou.

O circuito passou pelas cidades de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares e Vitória

“Vamos a um exemplo simples: eu publico um look do dia no Instagram da minha marca que é super bem aceito pelos seguidores. A primeira pergunta que surgirá nas interações vai ser: onde posso comprar? Bom, se eu não sei onde estão as lojas que vendem a marca, pode ser e-commerce ou física, como eu vou interagir com esse seguidor? Ou eu fiz uma postagem só para reforço de marca? Tem que saber o que quer para trabalhar o conteúdo de forma adequada, tudo isso na rapidez que nossos clientes demandam”, alertou.

Para complementar, a palestrante deu uma dica válida para todos os negócios, de moda ou não, quando o assunto é conteúdo para mídias sociais. “Trabalho muito com a sequência: pesquisa, planejamento, produção e publicação. É simples. Essa é minha metodologia que vem sendo bem assertiva, independentemente do cliente com o qual estou trabalhando. De micro negócios até os maiores, essa sequência traz bons resultados”.

A série de workshop’s é uma ação promovida pela Câmara Setorial da Indústria do Vestuário da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), com execução realizada pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-ES), e suporte e consultoria do Instituto Rio Moda.

Por Fernanda Neves

Imprimir