Conheça alguns passos fundamentais que podem ser seguidos para uma efetiva eliminação dos desperdícios

O maior patrimônio de uma organização empresarial são as pessoas. São elas que pensam, desenvolvem soluções e inovam, diariamente. Pelo tamanho da sua importância, a valorização da força de trabalho é um dos aspectos mais desafiadores para que se alcance a excelência operacional.

O Lean Manufacturing – Produção Enxuta é uma filosofia de melhoria contínua baseada na eliminação de desperdícios por meio da valorização do trabalhador, obtendo assim resultados significativos de produtividade, competitividade e rentabilidade. Por isso, a indústria que deseja se desenvolver investe ativamente na otimização da gestão da força de trabalho, e consequentemente na melhoria contínua dos seus processos

Para o gerente de Produtividade, Álvaro Diaz Marques, a gestão enxuta vem sendo disseminada pelos mais diferentes setores da economia com variações nas estratégias de implementação, abordagens e métodos. “Mas uma constante é a existência de uma lacuna com relação à contribuição do colaborador no processo para garantir a eficácia, quando a metodologia do Lean ainda não foi aplicada”, explica Álvaro.

A percepção do capital humano como um dos maiores ativos da empresa é uma das buscas dentro do movimento Lean. “O colaborador é realmente o alicerce do ambiente da manufatura enxuta, já que é por meio do poder oferecido à força de trabalho que as vantagens competitivas e o crescimento são atingidos. Para valorizar e qualificar a mão de obra, você pode agrupar os operários em equipes, sendo um deles líder. Após organizadas as equipes, você deverá dar a elas todo o suporte necessário para que elas sejam treinadas devidamente para planejar suas atividades e otimizá-las. ”

Uma das empresas que se destacaram na implantação da produção enxuta, segundo Alvaro, foi a Duraleve. “A partir de uma forte atuação da superintendência do Sindiplastes, que divulgou amplamente a ação do ES Mais Produtivo e fortaleceu o eixo estratégico entre os sindicatos e o Programa de Ação Articulada, a empresa já conquistou um aumento de mais de 90% em produtividade. Esse e um dos benefícios de ser uma empresa associada e receber sempre em primeira mão as principais ferramentas para se manterem competitivas”, ressalta.

Lean Manufacturing aplicada a produção de pias e tanques – o case da Duralevi

Localizada na Cidade de Cariacica, ES, região metropolitana de Vitória, a Duralevi nasceu em 1995, iniciando suas atividades com a fabricação de pias e tanques em fibra de vidro.

Hoje, consolidada no mercado, oferece produtos de qualidade, certificados pela ISO 9001 e premiados nacionalmente. Conta com um excelente centro de reciclagem e reaproveitamento de matéria prima, respeitando a natureza e a população.

Em fevereiro deste ano, a empresa concentrou-se na otimização dos seus processos, melhorando continuamente a satisfação do cliente e sua posição nos custos, além de melhorar a organização e a limpeza da fábrica. Por meio da aplicação do conceito Lean, a empresa conseguiu resultados expressivos em um período de tempo relativamente curto, mas, muito mais impressionante que isso, ela conseguiu implementar uma mentalidade de melhoria contínua que começou a fazer parte da cultura organizacional entre os seus funcionários.

“Tudo começou a partir de uma palestra que promovemos e que mudou o ponto de vista dos nossos funcionários. Percebemos diariamente o pleno envolvimento deles em todo processo de implementação da manufatura enxuta desde os encarregados da fábrica até os gestores”, comemora Luciano Pereira Ventura, diretor geral da Duralevi.

A mudança está sendo realizada internamente e segundo Luciano os funcionários são os grandes protagonistas. “Todas as metas estimuladas estão sendo seguidas e eu atribui esse sucesso a eles, que sugeriram e sugerem diariamente novas formas de se fazer o trabalho de forma mais eficiente e competitiva. ”

Como se qualificar no Lean?

1º Seminário Capixaba de Produtividade

Para apresentar novas oportunidades de gestão e de negócios aos empresários capixabas, para que eles se tornem ainda mais competitivos, será realizado no próximo dia 06 de junho, quarta-feira, o primeiro Seminário Capixaba de Produtividade. O encontro reunirá grandes empresas que se destacam na aplicação do Lean, como Vale, ArcelorMittal, Mdic e Senais, além de outras indústrias capixabas. Confirme a sua presença.

MBA Executivo em Lean Manufacturing

Visando apoiar empresas e gestores, o Senai-ES, em parceria com o SENAI-BA, está com inscrições abertas para a primeira turma de MBA Executivo em Lean Manufacturing, que visa formar profissionais qualificados para atuar na Gestão Industrial, aplicando a manufatura enxuta como ferramenta operacional para ampliação de resultados e lucros. O curso será realizado, preferencialmente, nos fins de semanas e nas instalações do SENAI, em Vitória, com início das aulas previsto para o segundo semestre deste ano. Se interessou? Preencha o formulário de interesse e, em breve, entraremos em contato.

Ciclo de palestras

Serão realizadas palestras sobre produção enxuta, com o objetivo de disseminar e informar sobre a atuação do Espírito Santo no “Programa Brasil + Produtivo”. Na próxima quinta-feira (07), o Senai, em Linhares sedia a próxima edição do ciclo, com apresentação de resultados das diversas empresas capixabas que participaram do programa e tiveram em média 80% de aumento em produtividade. Em seguida, uma próxima edição será realizada no Senai Aracruz no dia 11, e no Senai Araçás no dia 12. Mais informações no telefone (27) 3334-5775.

Quer implementar o lean na sua empresa também? Entre em contato conosco pelo e-mail produtividade@findes.org.br

Saiba mais

Lean Manufacturing: o que é e como funciona?

Onde está o desperdício? Conheça os 8 tipos mais comuns nas empresas

 

Por Cinthia Pimentel

Imprimir

Notícias Relacionadas