O Sindirochas divulgou na abertura da Cachoeiro Stone Fair as primeiras empresas com frentes de lavra certificados pelo projeto Pedreira Legal. O programa é uma iniciativa do sindicato das indústrias de rochas ornamentais e tem como objetivo certificar todas as frentes de lavra legalizadas, primando pela formalidade do setor e com o intuito de disseminar a cultura de que sejam adquiridos materiais sempre de fontes regulares.

Segundo o presidente da instituição, Tales Machado, as empresas receberam o certificado de regularidade. “Esse é o primeiro passo para a certificação e regularização de todas as jazidas do setor de rochas, mostrando a potencialidade do segmento.

Nosso objetivo é acabar com a irregularidade e mostrar que o segmento é regular. Buscamos uma empresa multinacional com reconhecimento internacional e vamos continuar trabalhando para que se torne cultura adquirir materiais sempre de fontes regulares”.

O projeto é uma iniciativa do Sindirochas, com parceria da Abirochas e Centrorochas, e foi desenvolvido em parceria com a certificadora alemã TÜV Rheinland.

Foram certificadas 25 pedreiras, de dez empresas com sede no Espírito Santo:

– Magban

– Cajugran

– Mameri

– Bragamagran

– Angramar

– Guidoni

– Brasilmag

– Minete

– Alvorada

– Brumagran

 

Por Karina Porto Firme
Assessoria de Comunicação – Sindirochas

Imprimir

Notícias Relacionadas